(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Treze Tílias Nereo Lopes de Lima: Ócio criativo

Nereo Lopes de Lima: Ócio criativo

1822 – D. Pedro I era coroado imperador do Brasil. Pouco menos de três meses após ter proclamado a independência do Brasil

Dia internacional da luta contra a AIDS.                

Em 1.913 Buenos Aires, o metrô inicia suas operações. Foi o 1º meio de transporte subterrâneo do hemisfério sul.

Estamos caminhando em direção a uma sociedade que se fundamenta não mais pelo trabalho, mas pelo tempo livre, com base no mercado de trabalho que valoriza o cérebro e a criatividade. A nossa sociedade no período pós- industrial, oferece o ócio criativo. Para que isso ocorra temos que nos livrar de hábitos adquiridos na velha sociedade. A sociedade pós-industrial, privilegia a produção de ideias, o que exige um corpo quieto e uma mente irrequieta. As máquinas trabalhando sempre num ritmo mais acelerado e os seres humanos, com mais tempo para refletir e criar ideias novas. O mundo atual é uma grande aldeia. Sentimos impulsos de conhecer o todo, de trocar mercadorias com mercados distantes. Queremos colonizar pessoas com nossos produtos  e ideais e expandir capitais, moedas e fábricas.

Tudo nisso nos produz esquizofrenia com euforia pela sensação de poder estar em toda parte. Temos também a sensação de fragilidade, com o impulso de buscar segurança nas próprias raízes e no próprio ambiente. De acordo com nossa vocação e situação de vida, ficamos divididos em 3. Uma parte dedicada a nós mesmos, ao cuidado com nosso corpo e com a nossa mente. Outra dedicada à família e aos amigos e a terceira dedicada à coletividade, contribuindo com a organização civil e política. Nesse período de pós-industrial as atividades cerebrais predominam em relação aos manuais e as virtuais também. O grande lance e a criatividade, que requer emoção, fantasia e racionalidade.

O carisma é algo essencial nos processo criativo de grupo. Aflora com materiais conscientes e inconscientes, emocionais e racionais. É uma mistura de fantasias e concretude. Para sua concretização são necessários clima de entusiasmo individual e coletivo e liderança apaixonante  e carismática. O líder carismático  sempre deve estar presente para entusiasmar a equipe, cortar procedimentos inúteis, gratificar los, promover inovação e coragem de enfrentar o desconhecido.

Precisamos ter uma mente elástica e com flexibilidade para gerir todo o tipo de situação. As empresas atuais são orientadas  pelo mercado e portanto precisam que seus funcionários estejam imersos na sociedade, não desligados dela. A nossa solução para sair do tédio é convertê-lo em ócio criativo, ou seja é aquela trabalheira mental eu acontece até quando estamos fisicamente parados ou dormindo. É o alimento das ideias. Ideias são necessárias para o mundo se desenvolver.

O trabalho não deve ser uma obrigação opressora e sim um prazer criativo. É na mudança que as coisas repousam, já dizia o filósofo grego Heráclito, pai da dialética. Estamos em meio a uma resolução de época pós-industrial, comparável a duas outras transformações decisivas na história humana. A revolução agrícola e industrial, onde são privilegiados os bens materiais e os produtores de ideias.

A tecnologia atual, desenvolvimento  organizacional, a globalização, a evolução dos meios de comunicação e da escolarização, permitem viver mais e melhor e reduzir o tempo humano drasticamente dedicado a produção de bens e serviços.

Veja as mais acessadas

Nosso site salva o seu histórico de uso. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para saber mais, acesse Política de Privacidade.

X
Configuração de Cookies:
Cookies Essenciais (Obrigatório)

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança e suas permissões.

Cookies Funcionais

Esses cookies coletam dados para lembrar escolhas que os usuários fazem e para melhorar sua experiência mais organizada.

Cookies Analíticos

Esses cookies nos ajudam a entender como os visitantes interagem com nosso site.