(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Lacerdópolis Causa da morte de morador de Lacerdópolis ainda não é identificado

Causa da morte de morador de Lacerdópolis ainda não é identificado

A Polícia Civil informou, nesta terça-feira (13), que a causa da morte do homem que teve o corpo escondido pela companheira dentro de um freezer em Lacerdópolis, no Oeste catarinense, não foi identificada pelo laudo do Instituto Médico Legal (IML).

 

Segundo o delegado Gilmar Antônio Bonamigo, à frente do caso, a investigação aguarda o resultado de exames complementares. Ele acredita, no entanto, que o assassinato ocorreu com "uso de veneno, asfixia ou alguma coisa dessa natureza".

 

Informou que a causa da morte não foi identificada ainda e exames complementares foram solicitados.

 

Claudia Tavares Hoeckler, 40 anos, foi indiciada por homicídio doloso duplamente qualificado, com meio que impossibilitou a defesa da vítima. De acordo com o investigador, o homem recebeu medicamento para dormir antes de ser morto.

 

Ela também deve responder por crime de ocultação de cadáver e falsidade ideológica, tendo em vista que registrou o boletim de ocorrência de desaparecimento de Valdemir Hoeckler, 52 anos, sabendo que o companheiro estava morto no freezer.

Veja as mais acessadas

Nosso site salva o seu histórico de uso. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para saber mais, acesse Política de Privacidade.

X
Configuração de Cookies:
Cookies Essenciais (Obrigatório)

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança e suas permissões.

Cookies Funcionais

Esses cookies coletam dados para lembrar escolhas que os usuários fazem e para melhorar sua experiência mais organizada.

Cookies Analíticos

Esses cookies nos ajudam a entender como os visitantes interagem com nosso site.